Home
Ceará é referência nacional na alfabetização de crianças

alt 

"O Ceará é nossa maior fonte de inspiração na alfabetização de crianças. Saio daqui hoje seguro para entrar nesse clima. Queremos ver o Brasil fique todo verde também”. Foi assim que o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, avaliou o Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC). Acompanhado do governador Cid Gomes, o Ministro conheceu nesta segunda-feira (21) os resultados do Programa referente ao ano de 2011, anunciados pela secretaria da Educação (Seduc) durante solenidade no Cambeba. Segundo o Ministro, o PAIC – um programa de incentivo a alfabetização de crianças até seis anos de idade implantado em 2007 por Cid Gomes - será referência para instalação do Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). “O PAIC é um programa muito exitoso. Com ele o Ceará desenvolveu uma capacidade fantástica de ensinar as crianças a ler e escrever. E queremos que esse Programa aconteça não só mais no Ceará, mas em todo o Brasil”, declarou o Ministro.

altNa ocasião, foram divulgados os resultados do Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica - Spaece Alfa-2º ano e do Spaece Alfa 5ºano. Os números apontam que em relação aos 184 municípios cearenses avaliados pelo Spaece Alfa-2º ano, 178 atingiram médias de proficiência situadas no nível desejável, seguidos de seis que estão no nível suficiente. Fazendo um comparativo no mapa do Ceará quando o PAIC foi iniciado, apenas 14 municípios eram identificados pela cor verde, fazendo uma referência ao nível de proficiência desejável. “Isso que está acontecendo no Ceará é a grande revolução da educação”, comemorou Cid Gomes.

Durante a solenidade, os primeiros 12 municípios com melhor avaliação no Spaece Alfa-2º ano receberam um troféu das mãos do Governador, foram eles: Nova Olinda, Abaiara, Mucambo, Dep. Irapuan Pinheiro, Solonópole, Tarrafas, Jijoca de Jericoacoara, Potiretama, Pires Ferreira, Guaraciaba do Norte, Pedra Branca e Forquilha. O mesmo aconteceu em relação a avaliação Spaece Alfa 5ºano, que avalia o nível de educação em relação as disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. Cid Gomes também fez a entrega de premiação ao 12 municípios que já se encontram com seus alunos no nível adequado. Os municípios que alcançaram o nível desejável foram Mucambo, Solonópole, Abaiara, Sobral, Jijoca de Jericoacoara, Penaforte, Brejo Santo, Groaíras, Graça, Pedra Branca, Potiretamama e Pires Ferreira.

altA Secretaria da Educação, Izolda Cela,  também comemorou os resultados do PAIC, que desde sua implantação em 2007, já aponta 800 escolas cearenses, em situação desejável para serem premiadas.  Segundo a Secretária, o desafio agora do Programa é fazer com que todas as escolas cearenses possam ser premiadas. “Quando o PAIC foi lançado, a intenção foi buscar um ritmo mais rigoroso de mudança. Mas a proposta era desafiadora. Hoje temos bons resultados, mas não devemos considerar só o nível de proficiência, nós precisamos ter compromisso com participação dos municípios e nos ajustarmos para buscar a igualdade nos resultados”, destacou Izolda Cela.

Sobre o PAIC

altDe acordo com o levantamento, 244.785 alunos do 2º e 5º ano do ensino fundamental de 4.519 escolas públicas participaram da avaliação externa da Seduc, que identifica e analisa o nível de desempenho dos estudantes. Os resultados possibilitam a construção de um indicador, IDE-ALFA, das habilidades de leitura dos estudantes do 2º ano. Em relação ao 5º ano, é o IDE-5 que expressa o desempenho em Língua Portuguesa e Matemática dos alunos da rede pública. Para o Governador Cid Gomes, a “chave do sucesso” do PAIC está nessa avaliação. “A partir de uma iniciativa simples, apoiando as coordenadorias, melhorando a gestão e fornecendo o material didático estamos conseguindo aqui no no Ceará um futuro melhor para nossas crianças através da educação pública de qualidade. Mas o diferencial desse Programa é a avaliação de todas as crianças, em todos os municípios do Ceará”, destacou Cid Gomes.

Prêmio Escola Nota 10

altDurante a solenidade, também foi entregue do Prêmio Escola Nota 10. Em sua quarta edição, a premiação é destinada às 150 unidades públicas que obtiveram os melhores resultados de alfabetização, tendo por base o Índice de Desempenho Escolar – Alfabetização (IDE-Alfa) e 150 unidades públicas que obtiveram os melhores resultados do 5º ano, tendo por base o Índice de Desempenho Escolar –  (IDE  5). Em 2008, quando o prêmio foi instituído, somente 148 escolas, cuja matrícula totalizava 6.711 estudantes do 2º ano do ensino fundamental atingiram IDE-ALFA igual ou superior a 8,5 pontos. Em 2011, o prêmio contempla dentre suas  principais inovações a  Inclusão da premiação para o 5º ano o que garantiu a expansão do número de escolas beneficiadas de 300 para 600. As 10 primeiras escolas premiadas estão localizadas nos municípios de Forquilha; Pedra Branca; Guaraciaba do Norte; Mucambo; Brejo Santo; Sobral; Porteiras; Itarema; Tamboril; Quixeramobim; Martinópole e Sobral. Essas 150 escolas receberão também o prêmio em dinheiro equivalente a R$ 2 mil por cada aluno avaliado por meio do Spaece.

Estavam prestigiando a solenidade o Senador Inácio Arruda; o Ministro dos Portos, Leônidas Cristino; o Presidente da Assembleia Legislativa (AL-CE), Roberto Cláudio; os secretários estaduais René Barreira (Ciência e Tecnologia), Ferruccio Feitosa (Copa), Maurício Holanda (executivo da Seduc); a representante do Unicef, Ana Márcia Diógenes; os deputados federais Artur Bruno, Ariosto Holanda, José Guimarães, Eudes Xavier e Chico Lopes; os deputados estaduais Antônio Calos (líder do Governo na Assembleia), Neném Coelho, Professor Teodoro, Wellington Landim, Raquel Marques e Dedé Teixeira.

 

ESCOLAS PREMIADAS - ALFABETIZAÇÃO

ESCOLAS PREMIADAS - 5° ANO

 

21.05.2012
Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

 

Revista do Mês